{Leitura} Bela Maternidade da Bela Gil e Comida de bebê da Rita Lobo

17 de fevereiro de 2019



Fiz tanto a resenha inscrita como em vídeo, é a primeira vez que faço post neste formato, então, me digam se gostaram.

Outra coisa, sou afiliada amazon, caso resolvam comprar o livro deixei meu link. Cada venda gera uma singela comissão! Obrigada por dedicarem um tempinho para lerem a resenha ou ver o vídeo. 



Comida de bebê: Uma introdução a comida de verdade
Como é esperto esse seu bebê: nem fez um ano e já vai melhorar a alimentação da casa toda. Não acredita? Está tudo aqui, nas páginas de Comida de Bebê: uma introdução à comida de verdade. Com apoio de médicos e nutricionistas, Rita Lobo traz as respostas para as dúvidas mais comuns da fase de introdução alimentar – e, de quebra, ainda ensina a família a comer com mais saúde, mais sabor e muito mais prazer. Venha descobrir como o pê-efe, o prato feito, essa grande instituição brasileira, vai virar o pê-efinho do bebê.

Pontuação sobre a leitura:
  • Segue as orientações do Guia Nutricional do Ministério da Saúde;
  • Traz dicas sobre congelamento e formas de preparar, por exemplo, assar, cozinhar e a textura dos alimentos.
  • Difere alimentos ultra processados, processados e in natura.
  • Dá a noção de que um alimento pode ser servidos de diferentes formas, o adulto pode comer de uma forma e o bebê de outra. 
  • Porém, senti falta de sugestões de cardápios, isto o livro não traz. Por exemplo, do café da manhã a janta, sete sugestões de cardápio. Isto você não encontra lá.

Bela Maternidade
Uma das autoras de culinária mais bem-sucedidas e admiradas do Brasil, Bela Gil conta sua experiência como mãe e dá dicas e informações para atravessar a maternidade com mais tranquilidade. Quando uma mulher resolve ter um filho ou se descobre grávida, encara uma série de decisões e dúvidas: 
O que comer antes, durante e depois da gestação • Como se preparar para o parto • O que comprar • Como construir uma rede de apoio • Como alimentar e cuidar de um bebê • Quais valores transmitir para essa criança • Como integrar a maternidade ao resto da vida. Neste livro, Bela Gil conta sua experiência como mãe da Flor e do Nino, começando pela decisão de ter um filho até a fase da introdução alimentar, passando por gravidez, parto, amamentação e cuidados com o bebê e consigo mesma. 
Além de um relato íntimo e franco sobre sua vivência, Bela oferece receitas, dicas e informações que lhe foram úteis nessa fase tão transformadora. Entrevistas com profissionais de várias especialidades – nutrição, obstetrícia, pediatria, puericultura e psicologia – fecham os capítulos com orientações preciosas para atravessar cada momento com mais tranquilidade e consciência. Mas atenção: este livro não é um manual. O intuito da Bela é compartilhar a sua história na esperança de que cada mulher encontre o seu jeito particular e autêntico de ser mãe.

Pontuações sobre a leitura:
  • Não compre o livro pensando que terá um apanhado de receitas e sugestões de cardápio, pois não tem.
  • Há algumas receitas no livro, porém são poucas.
  • O livro é uma biografia de toda a trajetória materna da Bela, de antes de engravidar até o pós-parto. Ela faz entrevistas na maioria dos capítulos com especialistas do tema.
  • O que eu mais gostei é a parte que a Bela diz que não devemos nos apegar a rótulos, que podemos pegar ideias diferentes e até opostas e transformar em uma que funciona pra nossa realidade. 

Cozinha em cena: Tentativa de macarrão do Samurai Gourmet

9 de fevereiro de 2019




Disponível na Netflix
Sinopse: Takeshi Kasumi (Naoto Takenaka) acaba de se aposentar, mas precisa descobrir o que fazer com todo o seu tempo disponível. Em uma de suas caminhadas ao entardecer, ele percebe que pode desfrutar de uma boa refeição quando quiser, e acaba despertando o samurai que existia dentro dele. Agora, Takeshi reencontra sua liberdade ao descobrir o prazer pela gastronomia.

Para quem gosta de culinária, especialmente asiática, essa série é um prato cheio. Gosto dela porque o Takeshi sempre tem um prazer em comer, em aproveitar aquele momento como se fosse sagrado, e no decorrer do caminho percebemos o quanto culinária está atrelada a lembranças. Além do mais, a cada episódio o protagonista, com ajuda do samurai, reflete sobre um algum aspecto. E mostra a preparação dos alimentos, uma parte que considero muito rica.

Pois bem, houve um episódio, chamado o "Lámen da Diaba", em que no final é preparado um macarrão instantâneo que ficou com uma cara tão boa, que eu resolvi fazer minha versão. Eu não consegui tirar nenhum print do prato, pois dona netflix não permite. Mas era basicamente água quente com shoyu, o macarrão instantâneo, um ovo cozido repartido ao meio e alho poró picadinho. Ficou uma sopa rala, mas parecia bem gostoso. Eu fiz uma versão mais sequinha, descartei o tempero do pacotinho, porque o shoyu é bem salgado e coloquei cebolinha no lugar do alho-poró.


Meu Bullet Journal 2019

25 de janeiro de 2019


inpiração bullet journal 2019
Olá, resolvi compartilhar com vocês minha experiência com  o meu primeiro Bullet Journal. Espero que possamos trocar dicas neste processo.




04 livros para ler em janeiro!

19 de janeiro de 2019


Ano passado eu tinha pensando em fazer indicações todos os meses de livros, mas com uma recente adaptação na maternidade não deu muito certo. Este ano quis fazer de novo, mas não planejei, então mesmo com o mês acabando, resolvi fazer.

Como janeiro é um mês que o pessoal pensa em recomeços, planejamentos, e também tem o movimento #janeirobranco:
Janeiro Branco é uma campanha, ainda nova, que merece atenção. A campanha objetiva mobilizar a sociedade em favor da saúde mental, mudando a compreensão cercada de tabus sobre a saúde mental e promovendo mais possibilidade de saúde mental a todos os indivíduos e a sociedade como um todo. (UFRGS)
Resolvi indicar alguns livros que já li e outros que pretendo ler para este mês. Livros que li:
Sinopse: Às vezes, os melhores presentes da vida se encontram nos lugares mais inesperados.

Brett Bohlinger parece ter tudo na vida - um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente.

Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe. Seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis. Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência.


 Sinopse: Ao compartilhar histórias da própria vida, de amigos e das pessoas que sempre a inspiraram, Elizabeth Gilbert reflete sobre o que significa vida criativa. Segundo ela, ser criativo não é apenas se dedicar profissional ou exclusivamente às artes: uma vida criativa é aquela motivada pela curiosidade. Uma vida sem medo, um ato de coragem.
A partir de uma perspectiva única, “Grande Magia” nos mostra como abraçar essa curiosidade e nos entregar àquilo que mais amamos. Escrever um livro, encontrar novas formas de lidar com as partes mais difíceis do trabalho, embarcar de vez em um sonho sempre adiado ou simplesmente acrescentar paixão à vida cotidiana. Com profunda empatia e generosidade, Elizabeth Gilbert oferece poderosos insights sobre a misteriosa natureza da inspiração.


Livros que estou lendo ou pretendo ler:



Sinopse Mindset:

Carol S. Dweck, professora de psicologia na Universidade Stanford e especialista internacional em sucesso e motivação, desenvolveu, ao longo de décadas de pesquisa, um conceito fundamental: a atitude mental com que encaramos a vida, que ela chama de "mindset", é crucial para o sucesso. Dweck revela de forma brilhante como o sucesso pode ser alcançado pela maneira como lidamos com nossos objetivos. O mindset não é um mero traço de personalidade, é a explicação de por que somos otimistas ou pessimistas, bem-sucedidos ou não. Ele define nossa relação com o trabalho e com as pessoas e a maneira como educamos nossos filhos. É um fator decisivo para que todo o nosso potencial seja explorado.


Sinopse Poliana:
Órfã e pai e mãe, Pollyanna, uma menina de 11 anos, é acolhida pela tia Polly, sua única parente viva. Rica e intransigente, a tia é desprovida de compreensão e afetividade, e recebe a menina em sua casa como um dever.

Pollyanna, por sua vez, é uma menina encantadora, que a todos conquista com sua paixão pela vida e pelas pessoas, seu otimismo, sua alegria de viver… e o Jogo do Contente, que pratica e ensina a quem quiser aprender. Um jogo em que ninguém perde, todos ganham – e se transformam.

Clássico da literatura juvenil universal, publicado em 1913, esse livro vem encantando gerações de leitores de diferentes idades em diversas línguas, tendo se tornado leitura obrigatória e necessária a quem quiser ver a vida sem amargura, descobrindo sempre o lado bom de tudo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...