As vantagens de ser invisível por Stephen Chbosky

20 de dezembro de 2013


Foto Melina Souza
Eu acabei de ler "As vantagens de ser invisível" em pdf, confesso que não curto muito ler coisas em pdf. Leio as coisas da faculdade, pelo simples fato de que sai mais barato. Prefiro livros de papel, pois gosto de marcar minhas partes favoritas e de tê-los a mão quando preciso. Já aconteceu diversas vezes da luz acabar e meu notebook estava com pouca/nenhuma bateria e não deu pra se fazer muita coisa. Porém, quando a gente quer muito ler uma coisa temos que passar por cima de algumas coisas.
Eu assisti o filme "As Vantagens de ser invisível" e fiquei com muita vontade de lê o livro. E mais uma vez preferi o livro do que o filme, mesmo tendo visto o filme primeiro.
Sinopse
Enveredando pelo universo dos primeiros encontros, dramas familiares, novos amigos, sexo, drogas e daquela música perfeita que nos faz sentir infinito, o roteirista Stephen Chbosky lança luz sobre o amadurecimento no ambiente da escola, um local por vezes opressor e sinônimo de ameaça.
Minha opinião
 O livro é narrado através de cartas, Charlie escreve cartas para alguém contando sobre sua vida, mas fica mais parecendo um diário. Eu amo livros no estilo diário e isso me conquistou. É uma história curta, boa e que te prende. Além do mais Charlie vai citando músicas e livros que ele está ouvindo e lendo no momento. o que é bem bacana.
O livro aborda assuntos bem delicados de uma forma superficial, talvez porque esse não seja o foco do livro. O foco do livro é a amizade e o quanto Charles precisa dos amigos e o que está disposto a fazer por eles. E como Charlie valoriza seus laços com a sua familia, o que é bem bonito a relação que ele acaba construindo com a sua irmã. Charlies, vai descrevendo sua vida e  reflexões interessantes vão surgindo.
Se você gosta de leituras rápidas, com direito a dificuldades em relacionamentos e reflexões bacanas. Leia!
Frases do livro
Sempre acho que um livro é meu favorito até eu ler outro.
"Quando estava indo para casa, só conseguia pensar na palavra 'especial'. E pensei que a última pessoa que me disse isso foi tia Helen. Foi muito bom ter ouvido isso novamente. Porque eu acho que todos nós nos esquecemos ás vezes. E eu acho que todo mundo é especial á sua própria maneira. É o que eu penso."
“Não pode colocar a vida das pessoas à frente da sua”

Um comentário:

  1. Eu li esse livro no comecinho do mês , vou falar dele nos meus favoritos.

    ResponderExcluir

"Eu não entendo de moda.Eu entendo do que eu gosto..."

*Sugestões,Criticas, Dúvidas e elogios,são bem-vindas!
Email:Contato@eucriomoda.com, adicione-me!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...