{Leitura } Por lugares incríveis

22 de março de 2017


Sinopse: 
Dois jovens prestes a escolher a morte despertam um no outro a vontade de viver.

Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.

Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.


O que dizer desse livro que todo mundo estava comentando, fiquei curiosa, li e me apaixonei? 

Por lugares incríveis fala sobre sentir culpa, bullying, suicídio e amor. O livro foi inspirado numa história vivida pela autora, o que dá um arrepiozinho no final. Além do mais, os lugares que ela cita no livro existem de verdade. Não necessariamente nos lugares citados, apesar de a maioria, dos lugares que Finn e Violet visitam, a autora cita até o nome verdadeiro dos donos. Outros lugares, não existem em Indiana, onde se passa a história, mas em outros lugares do mundo. Tem um mapa no final do livro que traz essas informações.

Eu tive uma leitura rápida e fluída. Comecei no últimos dias do ano de 2016 e terminei no segundo dia do ano de 2017. E fiquei meio anestesiada por uns dias, revivendo essa história antes de começar outra leitura. 

A forma como Finn e Violet se aproximam é tão natural. A forma com que se relacionam é tão bonito. Finn é um personagem interessante que divaga muito sobre suicídio, tem constantes alterações de humor e aparência, está fragmentando e tem bastante ideias para passar o tempo com Violet. Vi pelas resenhas na internet que conquistou a grande maioria, causando um certo desprezo por Violet. 

Violet é uma garota que também está fragmentada devido a morte de sua irmã, gostava de escrever e era boa aluna. Agora só deseja que os dias passem. Vi que muita gente não gostou da personagem, mas eu compreendo Violet. É difícil sobreviver a uma tragédia, é difícil se sentir culpada pela tragédia. É difícil não conseguir lidar consigo mesmo, de não entender o outro. E de sentir por vezes abandonada. Assim como compreendi Finn, compreendi Violet.

Além do mais, tô super animada em dizer que vão produzir um filme e a atriz cotada para ser a Violet é a Elle Fanning. Eu andei pesquisando e parece que este é um trailler do filme, mas eu não sei se é o real porque parece cenas de vários filmes coladas para produzir um. Ah, e se você ainda não leu o filme os possíveis trailler trazem bastante SPOILER, mas se você não se importa com isso, clique aqui e veja o tal trailler que eu  relatei 

A leitura me impactou bastante e recomendo muito. Por favor, leia com o coração aberto, não crie altas expectativas porque isso estraga a leitura. 

Algumas frases do livro:

"Amo o meu quarto. O mundo é melhor aqui do que lá fora., porque aqui sou o que eu quiser. Sou uma autora brilhante. Posso escrever cinquenta páginas por dia e nunca fico sem palavras."
Violet
“Uma corrente de pensamentos passa pela minha cabeça como uma canção grudenta, de novo e de novo sempre na mesma ordem: Sou defeituoso. Sou uma fraude. Sou impossível de amar.”
Finn

2 comentários:

  1. Menina eu tenho uma amiga tão viciada nesse livro que até tatuagem dele ela tem! Claramente, comprei o livro logo que ela recomendou, mas ainda não li porque minha TBR tá nervosa! hahahaha

    Beijos
    www.jadeamorim.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu li esse livro esse mês e o final me deixou impactada, reli a página cinco vezes pra colocar na cabeça o que aconteceu :OOOO
    Eu amei demais esse livro!

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir

"Eu não entendo de moda.Eu entendo do que eu gosto..."

*Sugestões,Criticas, Dúvidas e elogios,são bem-vindas!
Email:Contato@eucriomoda.com, adicione-me!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...