Filme: Submarine

19 de maio de 2014



Sinopse: 
Submarine (2011) Em sua cabeça, o estudante galês de 15 anos Oliver Tate (Craig Roberts) é um gênio literário maneiro. Na realidade, ele é socialmente inepto e impopular. Oliver estabeleceu para si duas tarefas para o verão: perder a virgindade antes dos 16 anos e salvar o casamento de seus pais. Suspeitando que sua mãe (Sally Hawkins) esteja tendo um caso com sua antiga paixão, Graham (Paddy Considine), um evangelista da Nova Era, Oliver monitora a vida sexual de seus pais através do interruptor de luz e forja cartas de amor em nome de seu insuspeitado pai à sua mãe. Enquanto isso, Oliver tenta conquistar sua colega de classe, Jordana. Quando uma tentativa calculada de bullying o faz ganhar o afeto de Jordana, ela lhe apresenta as emoções da piromania e dita a ele o que ele deveria estar escrevendo sobre ela em seu diário.


Minha opinião: 
Eu li em algum lugar que não existe nem livro nem filme ruim, pois para cada obra sempre haverá alguém pra se identificar. E percebo que eu não devo falar só dos filmes que eu gostei de assistir e este não foi um desses.
Para começar, com o perdão da palavra, achei Submarine um porre e muito tedioso, na verdade eu só terminei de ver o filme pelo simples fato de ter começado, faço isso com livros também. Mas uma coisa que me segurou no filme foi a fotografia incrível e a trilha sonora. 
Não vou dizer que o roteiro é ruim, não é, mas sei lá não me identifiquei com os personagens nem com nada, senti até uma raiva do jeito apático do pai de Oliver e do fato da mãe dele ter um desejo por mudar de vida e não correr atrás de verdade. Na verdade, apesar de todas as reflexões de Oliver serem até interessante, não curti o fato do filme ser focado apenas nisso. Tô num momento mais emoção com ação no quesito filmes. 
Contudo, percebo que se você tiver numa fase, independe de ser adolescente ou não, sobre como agir num relacionamento amoroso é uma boa pedida. O que eu observei em Oliver é que ele tem uma mania de querer controlar tudo, ele não deseja que as coisas saiam do controle. Mas mudanças acontecem tanto com o casamento do pais e Jordana, quando ele percebe que  que os pais podem se separar e Jordana não é igual a pessoa do inicio do relacionamento, Oliver não consegue administrar isso muito bem. 




2 comentários:

  1. Não conhecia, mas não me deixou com muita vontade de vê, não é meu tipo favorito.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse filme
    Mas parece ser bem interessante
    E amei os desenhos *-*

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir

"Eu não entendo de moda.Eu entendo do que eu gosto..."

*Sugestões,Criticas, Dúvidas e elogios,são bem-vindas!
Email:Contato@eucriomoda.com, adicione-me!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...