{Filme} Como água para chocolate (1992)

13 de março de 2015



Sinopse: Tita (Lumi Cavazos) nasceu na cozinha do rancho de sua família, quando sua mãe (Regina Torné) estava cortando cebolas. Logo em seguida seu pai morre de um ataque cardíaco fulminante, por ter sua paternidade questionada. Com isso Tita é vítima de uma tradição local, que diz que a filha mais nova não pode se casar para que cuide da mãe até sua morte. Ao crescer Tita se apaixona por Pedro Muzquiz (Marco Leonardi), que deseja se casar com ela. Sua mãe veta o matrimônio, devido à tradição, e sugere que ele se case com Rosaura (Yareli Arizmendi), a irmã dois anos mais velha de Tita. Pedro aceita, pois apenas assim poderá estar perto de Tita.


Eu achei a história um pouco surreal em alguns acontecimentos, triste, persistente e humana. Mas gostei bastante, o interessante é que Tita não pode se expressar seus sentimentos, sejam eles de desolação, desejo ou alegria. Desta forma, os alimentos por ela preparados expressam esses sentimentos, causando alguns efeitos colaterais de quem deles se alimentam. 

É bacana pensar sobre as formas de expressões seja desenhando um quadro, bordando, escrevendo ou cozinhando. Sem perceber vamos nos expressando e aliviando um pouco da carga que carregamos e ás vezes nem nos damos conta disso.

O filme é uma história de amor em que ou você fica com dó ou raiva da protagonista. E quanto ao seu par româmtico ou você acha que ele é um idiota ou que ele é egoista. Foi essas as impressões que eu tive. Mas mesmo assim gostei do filme. 

O interessante é que ficamos mais por dentro da culinária mexicana e o nome do filme é uma expressão típica do México
"Diferentemente de nosso costume, lá o chocolate quente é preparado dissolvendo-se uma barra em água fervente, assim sendo, alguém que está “como água para chocolate” significa que está fervendo, daí a analogia… no caso, os nossos queridos personagens, Pedro (Marco Leonardi de “Cinema Paradiso” e “Era uma Vez no México”) e Tita (Lumi Cavazoz) estão ardentemente apaixonados porém, proibidos de viver esse amor por uma tradição." (Fonte: Sobre Livros )

Gostaria de alertar que o filme contém algumas cenas de nudez, mas quem está acostumado com o cinema estrangeiro está familiarizado com o modo que a nudez é apresentada, simples e natural. 

4 comentários:

  1. Adoro filmes épicos *-* certeza que vou assistir!

    Beijos!

    Isabella | http://isabellalessa.com

    ResponderExcluir
  2. hummmm :D! esse filme eu nunca vi!
    histórias de amor frustradas são tristes, e eu como sou romântica quero ver todo mundo com o seu amor haha <3 mas gostei pq você contou tudo *-*

    somosculturalistas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que história interessante! Adoro esses filmes que tem coisas bem sutis, tipo isso que você disse dela se expressar pela comida que faz. Fiquei interessada.
    beijos.
    http://lugaaraosol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

"Eu não entendo de moda.Eu entendo do que eu gosto..."

*Sugestões,Criticas, Dúvidas e elogios,são bem-vindas!
Email:Contato@eucriomoda.com, adicione-me!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...