Eu ainda não...

20 de agosto de 2014



Eu ainda não viajei para Argentina para aprender espanhol ou para Londres para aprender inglês. Eu ainda não comprei meu próprio apartamento, carro ou moto. Eu ainda não viajei para o Sul do país ou fui na Chapada dos Guimarães que fica no meu próprio estado. Eu ainda não decidi se quero fazer pós ou mestrado e em que área quero atuar, aliás nem sei se pretendo cursar outra faculdade. Eu ainda não consegui morar em um lugar mais perto ou na mesma cidade que o Gus mora. 

A minha lista de "Eu ainda não..." é enorme, esse post podia ficar muito longo. Mas eu percebi que não é tanto a ansiedade de querer fazer e ainda não poder fazer essas coisas que nos angustiam, o que nos angustia é a comparação com as outras pessoas, é isso que nos mata, que nos faz pensar que não somos capazes. Fulano tem menos de vinte e já tem uma casa, fulano tem tal idade já tem um apartamento e vive viajando. Tal pessoa tem 24 anos e já está ingressando no doutorado, Ciclano trabalha desde que era adolescente e já tem seu carro. Não desmereço essas pessoas de suas conquistas ou se foi fácil ou se foi difícil para elas conseguirem tais coisas, mas  ficar se comparando é um tiro no próprio pé, é um jeito de se levar para trás sem tentar. 


Não me importa mais isso de comparar, cada um faz as coisas no seu tempo, do jeito que pode e quando pode. Não me importa de fazer tudo isso depois dos trinta ou quarenta, o que importa é você realizar algo que deseja e depois que você realiza essas coisas que você queria sabe o que acontece? Você começa a desejar outras e assim caminha a humanidade. Somos seres desejantes e por isso não devemos perder tempo com comparações, a não ser que no seu caso ela de impulsione a correr atrás do que você quer e não te deixe frustrada.

Quem sabe manhã, talvez quem sabe você consiga si resolver ou não, realizar um desejo ou não, o importante é aproveitar cada oportunidade que a vida oferece, mesmo não sendo aquilo que queremos no momento. Não é porque tal viagem não é para o lugar que eu quero que não vou fazer, não vou estudar espanhol ou inglês agora porque só serve se for no exterior e por ai vai.  É tipo algumas pessoas que já conheci que, por exemplo, tem o seguinte discurso "quando eu for magra vou a praia, vou me vestir assim ou vou fazer tal coisa". Por quê não começar agora? Nossos desejos não devem ser impedimento para realizarmos outras coisas, eles tem que vir pra somar.

Trilha sonora do texto

2 comentários:

  1. Maravilhoso isso! Esse negócio de ficar se comparando com os outros é mesmo a maior furada. Tudo a seu tempo, já dizia o antigo ditado!

    ResponderExcluir
  2. Oi, adorei o post, você sempre tem as palavras certas<3

    Eu te indiquei no meu blog:
    http://mdiariosecreto.blogspot.com.br/2014/08/links-legais-de-agosto.html#more

    ResponderExcluir

"Eu não entendo de moda.Eu entendo do que eu gosto..."

*Sugestões,Criticas, Dúvidas e elogios,são bem-vindas!
Email:Contato@eucriomoda.com, adicione-me!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...