Cada pessoa é um pequeno universo

1 de fevereiro de 2014



Cada pessoa é um pequeno universo, é nisso que eu fico pensando quando eu estou no ponto de ônibus, viajando ou quando olho um desconhecido. A noite, quando vejo as luzes das casas, fico pensando como é a vida daquelas pessoas que moram lá, o que almoçaram, no que trabalham e no que elas tem para ensinar e aprender. E no final, sempre concluo que cada pessoa é um pequeno universo.

Ao longo dos cinco anos que eu fiz faculdade, eu tive que sair de casa e morar noutra cidade. Viajei bastante, e neste tempo conheci muita gente. Uma galerinha do sudeste descontraída e receptiva, um pessoal do nordeste cheios de energia e ao mesmo tempo leves. Também, conheci pessoas do meu estado, Mato Grosso, mas o que eu quero dizer que não importa de qual lugar essas  pessoas são, mas sim do que elas me mostraram apenas sendo elas.

Infelizmente ou felizmente, não podemos aprender pelos outros, só podemos aprender por nós mesmos. E toda essa galera, cada pequeno universo que passou por mim serviram de modelos. Com uns eu aprendi a não me abalar por qualquer coisa, pois isso não vai adiantar nada. A gente tem que ver o que dá para fazer e pronto. Eu vi pessoas que não se abalaram com coisas que eu provavelmente teria tido um "surto", fazendo o que podiam fazer para resolver, mesmo as coisas não se resolvendo de imediato, ficavam tranquilas e pasmem! O mundo delas não caiu, assim como o meu não caiu, depois que aprendi isso.

E outras pessoas me mostraram que é possível ter  segurança para eu me tornar quem realmente sou, pois as pessoas que gostam da gente de verdade, aceitam quem a gente é de verdade e não tem #Mimimi é assim e pronto. E eu observei que essas pessoas também se aceitavam. Também, aprendi que algumas verdades são necessárias, mas que excesso de sinceridade, pode constranger/magoar/irritar as pessoas. Pois é, caros amigos, aprendi que algumas “verdades” são desnecessárias.

Aprendi que quando a gente abraça uma causa de verdade e segue um plano, ele dá certo sim! Aprendi que somos feitos de sonhos e mudanças, mas também somos feitos de medo e pânico. Li em algum lugar que medo é saudável, pois ele tem função de proteção, dá pra gente conviver com ele, mas o pânico não, ele nos desespera e nos faz perder o controle da situação, faz a gente acreditar que não é capaz e ai a gente "surta".

Eu aprendi tanta coisa (que não cabe neste texto)com cada pessoa que eu deixei entrar na minha vida, apenas observando, escutando, "andando junto", "deixando estar" e com essas pessoas eu percebi que dá sim, dá para levar uma vida mais leve. E que não podemos negar que cada pessoa é única e nunca vai existir outra igual, que cada pessoa é um pequeno universo.


Trilha sonora do texto:

5 comentários:

  1. Que lindo Anna e é muito bom conhecer pessoas diferentes né?
    Seja elas de outras cidades...
    adorei o texto

    Beijoss *-*

    ==> Blog Resenhas da Pâm

    ResponderExcluir
  2. Eu também aprendi e aprendo muitos com as pessoas, flor.
    Amei seu texto. beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Muito lindo!
    E é assim, convivendo com outras pessoas , que aprendemos coisas novas.
    É muito magico pensar desta forma , é realmente cada um de nos é um universo .

    ResponderExcluir
  4. Acho que esse texto definiu tão bem meus 2 anos aqui em Caruaru! É exatamente assim que eu me sinto em relação as pessoas que conheci, aos meus objetivos e sonhos.

    ResponderExcluir
  5. Que legal. Um otimo post para reflexão.
    Bjs

    opinioesdafabih.wordpress.com

    ResponderExcluir

"Eu não entendo de moda.Eu entendo do que eu gosto..."

*Sugestões,Criticas, Dúvidas e elogios,são bem-vindas!
Email:Contato@eucriomoda.com, adicione-me!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...