{Manual} Pratique a autoestima!

1 de outubro de 2013



Recebi um email de uma leitora pedindo para que eu escrevesse sobre autoestima. Como muitas sabem eu curso psicologia, mas esse não é um texto embasado teoricamente e formal. É um texto que reflete a minha filosofia de vida e claro que a psicologia contribuiu {um pouco} para que eu pensasse assim. Sou muito cuidadosa ao escrever alguns textos, pois fico receosa de que eles sejam taxativos e tal. Então, se algo incomodar fique a vontade ao se expressar e lembre-se que a ideia é enriquecer.

De acordo com o dicionário online Priberiam o conceito de Autoestima é: "Apreço ou valorização que uma pessoa confere a si própria, permitindo-lhe ter confiança nos próprios atos e pensamentos."  Ao ler essa definição, penso que a maioria das pessoas compartilham deste conceito e lembrei de uma frase da Manu que diz o seguinte: “Você pode encontrar coragem para amar tudo em você, ou viver para sempre querendo ser outra pessoa”. Eu adoro essa frase, pois ela nos faz refletir e a resposta parece tão simples. E ai eu faço a seguinte pergunta: Se a resposta é simples por que tem pessoas sofrendo?

Encontrar o bem-estar não é tarefa fácil, não é igual a bolo que tem receita fácil e seguindo as instruções vai dar tudo certinho. Eu escrevi algumas coisas para fazer você pensar sobre, naturalmente você vai se debater com mais questões nessas dicas do que com soluções. Você pode sentir que essas dicas estão incompletas e ai chegamos ao ponto de que as lacunas  que estão faltando é justamente o lugar que você deve começar , pode ser, o pontapé inicial para melhorar sua autoestima e consequentemente sua vida. Vamos as dicas:


♥ Permita se conhecer
O autoconhecimento é fundamental, faça uma viagem ao centro de si mesmo. Entenda o que te leva a se comportar de tal maneira e quais as consequências destes comportamentos. Se elas são boas ou ruins. Pense no que você gosta e nos seus sonhos, nas limitações que você enfrenta e no que te faz feliz e como você pode amplificar esses momentos felizes, fazer com que eles se repitam mais frequentemente. Quando você se conhece torna-se consciente do que você é, desta forma poderá escolher melhor o rumo que você deseja que a sua vida tome. E quando você vai se conhecendo vai adquirindo segurança das suas escolhas e passa a amar a si mesmo e quando você se gosta e se aceita tudo fica mais fácil.



♥Experimente!
Experimente coisas novas, pode ser uma aula de desenho, circo, dançar e caminhar. Vá conhecer lugares novos, não precisa necessariamente ser uma viagem, aquele bar/restaurante que você sempre teve vontade de ir e nunca foi, a partida de boliche que você nunca jogou. A cachoeira que você sempre quis visitar. Faça aquele curso de maquiagem ou artes. Leia um poema ou livro. Procure sempre experimentar coisas novas, pois as que você gostar consequentemente vão te fazer se sentir melhor e ainda por cima você aumenta o seu repertório de assuntos que você poderá compartilhar com as pessoas e até fazer novas amizades.
Uma dica: Experimente tomar banho ouvindo suas músicas preferidas no final ou no começo do dia, isso me deixa muito feliz, talvez te deixe também.


♥Valorize-se!
Você está incomodado com a sua aparência e a primeira coisa que todos vão dizer é ame-se e aceite-se como você é? Certo? Certo. Mas e quando você não está preparado para isso? A primeira coisa que você pode fazer é chutar o balde e ser como você realmente é, não dar a mínima para os que outros pensam e tal. Adoraria se você tomasse essa primeira atitude. Porém, tem pessoas que podem fazer isso e ainda assim se sentirem desconfortável com a situação. Comece com pequenos passos, por exemplo, eu sempre me acho muito linda quando eu passo batom, ainda mais quando é um batom de uma cor forte, no começo eu ficava pensando no que os outros pensariam e pensava apenas em casa até que me adaptei a ideia e comecei a sair na rua usando batom de tons fortes.
Deste modo, comece usando o cabelo preso daquele jeito que você gostaria, passe uma maquiagem que te agrade, pinte as unhas, use aquela roupa que te deixa mais bonita ou aquela cor que destaca sua pele/olhos. Pense em coisas que você considera que te deixa mais bonita e vá fazendo aos poucos.
A ideia é que você explore seus pontos fortes, sinalize as atividades que você se sai bem como, por exemplo, gerenciar pessoas, trabalhos manuais, fazer contas, organizar eventos ou cozinhar. Faça uma lista de suas qualidade e ao demonstrar isso você se sentirá mais útil e realizada, pois quando fazemos as coisas  e elas dão certo nos sentimos bem conosco.
Dica: Ensine o que você sabe!


♥Faça uma faxina na sua vida
Eu escrevi a palavra faxina no sentido literal mesmo. O que a gente faz numa faxina? Procura sujeira. É isso que você vai fazer, separe um tempinho e pense em coisas que te incomodam que impedem o teu amor próprio e se for melhor para você anote tudo isso. Pense/anote em como você se sente nessas situações, quantas vezes você passa por isso e pense o quanto isso te atrapalha. E ai reflita: Como eu posso amenizar essas situações desagradáveis?



♥Procure Modelos
Nós sempre temos pessoas como ponto de referência que tem atitudes bacanas e nos inspiram. No decorrer de nossas vidas aprendemos muitas coisas observando os outros. Por exemplo, as crianças fazem isso o tempo todo, quando falam/imitam o pai ou a mãe e nos divertimos com isso e nem nos atentamos para o fato de que eles aprenderam observando.
Por isso, passe a observar seus amigos que tem uma “autoestima boa”, mas não como um padrão a ser seguido, porém como uma possível alternativa de solução para problemas encontrados na faxina da sua vida. Ás vezes aquela sua amiga lidou com a situação que você está passando duma forma que você não tinha pensado ou pense na forma que aquele seu outro amigo te trata e você adora, ele pode ser um modelo para você se relacionar com os outros. Mas lembre-se não deixe de ser você, apenas enriqueça seu repertório.



♥Descubra que você tem o controle da sua vida
Não estou te dizendo para você sair procurando controlar tudo, mas estou dizendo que é para você parar mais uma vez e observar suas relações com as pessoas. Nós somos constituídos através do olhar do outro, as emoções que sentimos vai depender de como fomos educados por nossos pais e as interações com as outras pessoas. Portanto, damos ao outro o poder de nos fazer sentir bem ou mal. Deste modo, as pessoas podem ser rudes com você, mas é você que escolhe a forma de reagir a isso. Tem uma frase que diz mais ou menos assim: "Não é o que fizeram com você é o que você fez com aquilo que fizeram com você".Seja livre para selecionar as relações/atitudes que te fazem bem e as que não fazem.



♥Seja gentil
Não há nada mais agradável no mundo do que conviver com uma pessoa gentil. Não estou dizendo para você ser capacho de ninguém, apenas digo para tratar as pessoas bem, ser educado e elogiar. Muitas pessoas não sabem como elogiar o outro, experimente fazer isso com alguém próximo, mas o elogio tem que ser verdadeiro.
 Aprenda a endurecer, quando necessário, sem perder a ternura. Há várias formas de fazer as coisas, por isso pense antes e escolha o melhor tom de voz e a maneira que você desejaria que alguém falasse com você naquela situação.
Pessoas gentis {genuinamente}tem mais chance de receber gentilezas em troca e desta forma criam um ambiente mais agradável e viver num ambiente bacana "bomba" a autoestima.


♥Chega de #MIMIMI
Ás vezes as pessoas tem tanta pena de si mesma que se fecham para as outras possibilidades que a vida oferece. Note que essas pessoas só conseguem atenção através de queixas e com o passar do tempo ninguém quer ficar ao lado das pessoas que só reclamam.
 Tente olhar de outra forma um problema, ninguém a não ser você mesmo vai poder mudar a situação, pode parecer difícil, mas parar de reclamar e pensar no que dá pra fazer pode ser o primeiro passo.


♥Comprometa-se com a mudança
Esse pode ser mais um texto que você leu e talvez pense em até usar algumas ideias, porém não colocará elas em prática. Tudo aqui escrito pode ser inútil dependendo do seu compromisso com a mudança. A única pessoa que pode fazer algo por você é você mesmo. Você pode escolher não fazer nada a respeito de tal situação, mas saiba que uma hora ou outra ela poderá voltar novamente e você viverá num ciclo vicioso. Comprometa-se com a mudança e as coisas vão mudar.


Todo o texto escrito foi escrito por mim. Então, por favor, dê os devidos créditos. 
Todas as imagens possuem os créditos no cantinho direito delas.

Trilha sonora do texto: 

7 comentários:

  1. Voce tocou em um tema muito polêmico... mas acredito que se amar, é o primeiro passo da auto estima :)

    ResponderExcluir
  2. Adorei a frase “Você pode encontrar coragem para amar tudo em você, ou viver para sempre querendo ser outra pessoa”. Essa frase esta super certa! Auto estima é fundamental pra qualquer pessoa ser feliz ne rs

    Beijos:*
    http://estudiodasamigas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Tema complicado de abordar.. fazer com que as dicas dadas encaixe na cabeça de quem não se aceita, mais ainda. Quem tem baixa auto estima, muitas vezes se odeia, então, como amar alguém que você odeia? Enfim... beijão e boa noite. Tô "varada" de sono.

    ResponderExcluir
  4. Eita que medo desse texto, me senti em uma consulta kkkkkkkkkkkk

    Muito bom, acho que preciso ler/ouuvir mais coisas desse tipo.

    kisu
    www.eraoutravez.com

    ResponderExcluir
  5. Ana do céeeeeeeeeeu, q texto, q post, q aula... Era isso que eu precisava ler hj, mt obrigada pelas lindas palavraas que fazem toda a diferença.

    ResponderExcluir

"Eu não entendo de moda.Eu entendo do que eu gosto..."

*Sugestões,Criticas, Dúvidas e elogios,são bem-vindas!
Email:Contato@eucriomoda.com, adicione-me!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...